Sarkozy sugere que Bouton seja responsável por fraude

O executivo-chefe do banco francês Société Générale (SocGen), Daniel Bouton, deveria "assumir a responsabilidade", afirmou o presidente francês Nicolas Sarkozy, em entrevista publicada pelo jornal francês Le Parisien nesta terça-feira.Bouton apresentou sua renúncia ao cargo no Société após a descoberta de transações fraudulentas que vão custar 4,9 bilhões de euros (R$ 12,4 bilhões) ao banco, mas o pedido foi rejeitado pelo conselho da instituição."Quando o presidente de uma companhia descobre uma perda desse tamanho e não extrai conclusões do caso, isso não é normal. Que alguém ganha 7 milhões de euros (R$ 17,7 milhões) por ano não me choca. Apenas sob uma condição: que ele assuma sua responsabilidade. Esse é o problema com Daniel Bouton", disse Sarkozy. As informações são da Dow Jones.

FABIANA HOLTZ, Agencia Estado

26 de fevereiro de 2008 | 07h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.