Saudita diz que mercado está abastecido e reduz produção de óleo

O ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Ali Al-Naimi, disse no domingo que o mercado mundial de petróleo está superabastecido e que o país reduziu a produção em março devido à demanda fraca.

AMENA BAKR Y REEM SHAMSEDDINE, REUTERS

20 de abril de 2011 | 15h03

A análise acontece depois que os países consumidores de petróleo pediram à Opep para aumentar a produção devido à série de altas do combustível que levou os preços a seu nível mais alto em dois anos, em meio aos distúrbios no Oriente Médio e no norte da África.

"O mercado está desequilibrado (...) Nossa produção em fevereiro foi de 9,125 milhões de barris por dia (bpd), em março foi de 892 milhões de bpd. A de abril ainda não sabemos, provavelmente um pouco maior que em março. A razão de informar esses dados é porque o mercado está superabastecido", afirmou Naimi a jornalistas.

A Arábia saudita é o maior exportador mundial de petróleo. A OPEP se reunirá em junho para discutir sua política de produção.

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOASAUDITA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.