Saudita Maaden e Alcoa se unem em projeto de US$ 10,8 bi

Empresas irão construir usina de alumínio com capacidade de produção de 740 mil toneladas por ano

Angelo Ikeda, da Agência Estado,

21 de dezembro de 2009 | 09h25

A mineradora saudita Saudi Arabian Mining (Maaden) e a fabricante norte-americana de alumínio Alcoa fecharam acordo no domingo, 20, para construir uma usina de 40,5 bilhões de riais sauditas (equivalente a US$ 10,8 bilhões) na Arábia Saudita.

 

O complexo será construído em Ras Al Zour, na costa do Golfo Pérsico. A Maaden terá uma participação de 60% no negócio, e a Alcoa ficará com os outros 40%.

 

A fundição, com capacidade de produção de 740 mil toneladas de alumínio por ano, deverá entrar em operação em 2013, e a refinaria de alumínio, no ano seguinte.

 

Em comunicado no web site da bolsa saudita, a Maaden anunciou que irá buscar financiamento para a fundição em 2010. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Alcoausinaalumínio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.