Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

SC suspende restrições sanitárias a aves do RS

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) editou instrução que suspende as restrições sanitárias que vigoravam contra aves e produtos do Rio Grande do Sul por causa do foco de Newcastle registrado em criação doméstica de frangos no município de Vale Real (RS). A medida revogou instrução anterior, do dia 18 de agosto, que proibia a entrada, em Santa Catarina, de aves vivas procedentes do Rio Grande do Sul. A decisão foi adotada depois que o Ministério da Agricultura (Mapa) considerou encerrada, na semana passada, a investigação do foco no Rio Grande do Sul. O Mapa informou que os exames sorológicos e virológicos das aves sentinelas tiveram resultado negativo.Além dos pintos de um dia que já tinham entrada permitida, aves de descarte com origem em granjas certificadas e destinadas ao abate em estabelecimento com fiscalização federal também estão autorizadas, informou o chefe de trânsito animal da Cidasc, Jarbas Oliveira. Permanecem em vigor as restrições previstas na instrução 17 do Mapa, que define as regras de regionalização da avicultura. Santa Catarina começou a colocar em prática estas exigências no início de agosto, que são aplicadas aos demais Estados, não apenas ao Rio Grande do Sul.A instrução 17 prevê que os Estados que aderirem ao plano nacional de prevenção à gripe aviária e à doença de Newcastle poderão proibir o trânsito interestadual de aves de corte - entre outras ações - como medida sanitária preventiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.