Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Scania rejeita oferta de grupo alemão

A junta diretiva da fabricante de caminhões sueca Scania rejeitou nesta segunda-feira por unanimidade a oferta de compra do grupo alemão MAN por 9,6 bilhões de euros, anunciou a empresa em comunicado.A Scania tomou essa decisão neste domingo em uma junta diretiva extraordinária e já comunicou sua decisão ao grupo alemão. A fabricante sueca assinalou que o presidente do MAN enviou uma carta no último dia 13 com os pontos centrais da oferta.O grupo Investor, segundo maior acionista da Scania, com 19,3% das ações, também rejeitou a oferta do MAN por considerar que ela não corresponde "ao valor e potencial reais" da companhia, segundo comunicado.O principal acionista da Scania é a empresa alemã Volkswagen, que controla 34% da empresa e ainda não se pronunciou de forma oficial sobre a oferta.A compra da Scania seria financiada mediante fundos líquidos, créditos e um aumento de capital por parte do MAN, assinalou o grupo alemão em uma nota, na qual destaca que oferece 0,151 novas ações próprias e 38,35 euros à vista por cada título da empresa escandinava.

Agencia Estado,

18 de setembro de 2006 | 11h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.