Schincariol assume marca Cintra em sua 5a aquisição em um ano

A empresa brasileira Schincariolfechou nesta quarta-feira com a Ambev a compra da marca eativos como fórmula, centros de distribuição e pontos de vendada empresa de bebidas Cintra, que envolve cervejas,refrigerantes e águas minerais. Esta é a quinta aquisição da companhia desde o início de2007 e envolveu 39 milhões de reais que serão pagos emdinheiro. Dos 130 milhões de litros de bebidas que a Cintra vende porano, cerca de 60 por cento ficam no Rio de Janeiro, onde elacontrola algo como 5 por cento do mercado de cervejas, segundodados da Nielsen divulgados pela Schincariol à imprensa. "Com a aquisição, a participação da Schincariol no Rio deJaneiro ganha cinco pontos percentuais", afirmou José AugustoSchincariol, membro do conselho de administração da empresa, emteleconferência com a imprensa nesta quarta-feira. Nacionalmente, a companhia afirma que ampliará suaparticipação de 12,1 para 12,9 por cento no segmento decervejas com a aquisição, que ainda depende da aprovação doConselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A marca Cintra também é vendida em Minas Gerais, EspíritoSanto e São Paulo, mas a Schincariol quer expandi-la para todoo Brasil, segundo Marcel Sacco, diretor de marketing. A Ambev, que assumiu as fábricas da Cintra em março de 2007por 150 milhões de dólares, manterá as unidades de Piraí (RJ) eMogi Mirim (SP) sob seu controle. A companhia havia comprado a marca Cintra em outubro do anopassado por 10 milhões de dólares. A Schincariol pagará 16,6milhões de reais pela marca e 22,4 milhões de reais pelasfórmulas, pontos de venda e centros de distribuição. Segundo José Augusto Schincariol, a companhia tem hoje 14fábricas "que têm condições de absorver a produção da Cintrasem investimentos adicionais". De acordo com o executivo, a empresa brasileira "continuade olho no mercado e sempre que vir oportunidadesinteressantes" vai avaliar a aquisição. Desde o ano passado, aSchincariol já comprou a Baden Baden, a Nobel e a marca defranquias Devassa, além da catarinense Eisenbahn no iníciodeste mês. Em 2007, foram aplicados 600 milhões de reais emaquisições, segundo a Schincariol. Neste ano, o orçamento totalprevê investimentos de 1 bilhão de reais, mas a companhia nãorevela quanto desse montante já foi aplicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.