Schincariol patrocinará Flamengo e espera ganhar mercado

A cervejaria Schincariol espera aumentar sua participação de mercado no Rio dos atuais 3,7% para em torno de 13% nos próximos dois anos, período em que patrocinará o Flamengo. O acordo anunciado hoje, sem a divulgação do valor, não inclui o logotipo da empresa nas camisas do time de futebol, que desde 1984 estampam a marca Petrobras e um lubrificante da estatal (Lubrax). Será uma campanha que vai reproduzir camisas históricas do clube nas latas e o escudo rubro-negro nas garrafas da cerveja Nova Schin, apenas no Estado do Rio.O diretor de marketing da Schincariol, Luiz Cláudio Taya, diz que o valor do contrato faz parte do investimento de R$ 300 milhões reservados este ano para ações de propaganda da empresa. Rumores do mercado, porém, dão conta de que o investimento se aproxima dos R$ 4 milhões, pois R$ 1 milhão já teria sido adiantado ao Flamengo para pagar salários e outros R$ 120 mil por mês serão pagos durante a vigência do acordo. Atualmente, o patrocínio da Petrobras para o clube é de R$ 7 milhões por ano."O Flamengo tem um diferencial de marca muitas vezes não aproveitado no seu faturamento", diz o presidente em exercício do clube, Arthur Rocha. De acordo números divulgados no anúncio do patrocínio, o time de futebol tem 33 milhões de torcedores no Brasil, dos quais 7 milhões somente no Rio. Nova formulaçãoSegundo o gerente de produtos da empresa, Luis Fernando Amaro, não há receio de perder mercado por causa das torcidas adversárias. "Assumimos que a Nova Schin é rubro-negra". Segundo ele, foi desenvolvida uma nova formulação da cerveja apenas para o mercado fluminense, conforme o paladar do carioca, que prefere sabor mais leve. O consumo anual per capita da bebida no Rio, de 90 litros, é quase o dobro da média nacional, de 48 litros.Amaro calcula que metade da produção total de 150 milhões de litros da fábrica da Schincariol, no Rio, será destinada para a campanha do Flamengo. Em março, a cervejaria tinha 12,5% do mercado brasileiro. Segundo o executivo, 7 pontos porcentuais conquistados no Rio correspondem a um ponto porcentual a mais na média nacional. Cada ponto porcentual do mercado total de cerveja equivale a um faturamento de cerca de R$ 200 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.