Schroeder reclama de tarifa à importação de aço

O chanceler alemão Gerhard Schroeder se queixou ao presidente norte-americano, George W. Bush, dos planos dos EUA de imporem tarifas sobre as importações de aço e chamou a atitude de "um sinal errado para o êxito da continuidade da liberalização do livre comércio".Em carta enviada ao presidente na terça-feira - portanto antes da decisão dos EUA -, Schroeder expressou preocupação em relação ao impacto da imposição das tarifas, disse um comunicado do governo alemão. Schroeder chamou atenção para a responsabilidade dos EUA e da Alemanha no comércio mundial atual segundo o comunicado. Ontem, o ministro da Economia da Alemanha, Werner Mueller, disse que havia lido "com um certo grau de insatisfação" os planos dos EUA de taxarem as importações de aço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.