SDE aprova aumento de participação do Pão de Açúcar na Sendas

Grupo vai se tornar detentor de todas as ações da empresa 

Célia Froufe, da Agência Estado,

25 de abril de 2011 | 13h38

O Grupo Pão de Açúcar recebeu nesta segunda-feira, 25, o primeiro aval do governo para aumentar a participação no capital social da Sendas, que hoje é de 50%, e se tornar o detentor de todas as ações da empresa. A aprovação da recomendação do negócio pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae), do Ministério da Fazenda, foi seguida pela Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça. A decisão do secretário da SDE, Vinícius Carvalho, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda e agora segue para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Em 2004, a Sendas e o Pão de Açúcar firmaram uma associação concordando em transferir todos os estabelecimentos de comércio varejista no Estado do Rio de Janeiro à Sendas Distribuidora, que foi detida, em conjunto, pelo Grupo Pão de Açúcar e pela Sendas S.A. O acordo fechado há sete anos, no entanto, previa que o controle operacional e administrativo fosse feito pelo Grupo de Abílio Diniz.

Para a Seae, a operação não traria efeitos anticompetitivos no setor varejista de supermercados e hipermercados. Na avaliação da secretaria isso ocorre porque o Pão de Açúcar já era detentor de "participação societária relevante" no capital da empresa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.