finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Se plano de previdência for para longo prazo, tabela regressiva é melhor opção

Se plano de previdência for para longo prazo, tabela regressiva é melhor opção

Fábio Gallo, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2011 | 00h00

Em janeiro de 2000 fiz um PGBL e em janeiro de 2006 renovei esse plano até 2020. Na época, escolhi a tabela progressiva. Gostaria de saber se é a melhor opção. Se não é, posso mudar? Só vou resgatar o plano quando me aposentar. Meu saldo atual é de R$ 126,3 mil e a contribuição mensal é de R$ 800. Gostaria de saber também qual será mais ou menos o valor mensal que receberei no final do plano (2020).

A opção por uma das tabelas de imposto de renda para os planos PGBL ou VGBL é definitiva, portanto, irretratável. Como a sua intenção é resgatar o plano com mais de 10 anos, a melhor alternativa teria sido a tabela regressiva porque a incidência seria de 10% sobre o lucro, no caso do VGBL, ou sobre o valor total, no caso do PGBL. Os planos de previdência não dão garantia de renda mínima e o valor mensal a ser recebido no período de aposentadoria dependerá da carteira de investimentos desse plano. A dica é você buscar informações junto ao agente que mantém o seu plano. Pergunte a ele sobre as características, sobre o desempenho passado e quais as metas que os gestores colocaram acerca dessa carteira.

Para fins de aposentadoria o senhor me recomendaria os títulos do Tesouro Direto NTN-B ou NTN-B Principal? Também gostaria de saber se o senhor recomendaria o PIBB 11 para compor uma carteira diversificada de ações.

As NTN-B ou B principal são boas alternativas quando se pensa na aposentadoria, pois rendem uma taxa de juro mais variação do IPCA. As ofertas atuais desses papéis estão na faixa de 5,70% a 6,40% ao ano mais o IPCA, dependendo do vencimento, que pode ser até 2045. Os PIBBs (Papéis de Índice Brasil Bovespa) são quotas do fundo PIBB Fundo de Índice Brasil - 50 e que visa buscar resultados semelhantes à performance do IBrX 50. A taxa de administração desse fundo é baixa em relação a outros, algo como 0,059% do patrimônio do fundo. Trata-se, sim, de uma carteira diversificada. Mas, observe que a decisão de investir em renda variável depende de seus objetivos e de sua estratégia de investimentos.

Aplico em fundos de ações da Vale e da Petrobrás. Nos últimos anos perdi muito dinheiro com a Petrobrás, estou um pouco desacreditado que o papel volte ao patamar de 2008. Só no ano passado perdi mais ou menos 29% nesse investimento. É melhor eu tirar meu dinheiro desse fundo e aplicar diretamente no Bovespa? Também quero saber se o papel da Petrobrás (Petr3) vai sair desse patamar de R$ 30? E a Vale (Vale3), ultrapassará os R$ 60 ou é melhor sair dessa aplicação? E qual a melhor opção de investimento em renda fixa? Não tenho planos de usar o dinheiro, tenho 26 anos, tenho pressa quanto ao lucro e não gostaria de ver meu dinheiro rendendo menos que 12% ao ano.

Você é novo e tem o tempo a seu favor, assim não há necessidade de tanta pressa. Por outro lado, você deve usar justamente o fato do tempo estar a seu favor e praticar o que chamo de investir inteligentemente: planejar, ter disciplina e conhecer sobre investimentos. Os seus investimentos na Vale e na Petro são adequados. As duas ações são consideradas ações de primeira linha, as chamadas blue chips. Apresentam um grau de risco relativamente baixo para renda variável. Em contrapartida, trazem um retorno adequado para esse risco. Não dá para dizer quando esses preços irão subir, mas os analistas mantêm as suas perspectivas de que a Vale é uma empresa bem administrada e com bom potencial. Para a Petrobrás há a expectativa de ganhos substancias com a exploração do pré-sal, mas isso somente no longo prazo. Por outro lado, se os valores investidos por você não são muito altos e, portanto, não consegue investir de forma diversificada, deixar os fundos para investir diretamente na Bolsa não me parece uma boa opção. Você deve juntar um volume maior de poupança e, ao mesmo tempo, buscar conhecer mais sobre a renda variável, Bolsa de Valores e investimentos no geral. O próprio site da BM&FBovespa pode ajudar muito nisso, inclusive porque você pode entrar em simuladores de negociação de ações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.