Seae dá sinal verde à fusão entre JBS e Bertin

Em um momento de disparada do preço da carne, a Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda recomendou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a aprovação, com restrições, da criação de uma holding entre os frigoríficos JBS e Bertin. A recomendação é que a Bertin, dona das marcas Leco e Vigor, venda unidades de abate - ou parte delas - na mesma proporção que tinha no mercado no ano da operação. Essas plantas estão localizadas em Goiás e Minas Gerais.

, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.