Seae recomenda ao Pão de Açucar venda de lojas da Sé

A Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) do Ministério da Fazenda recomendou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a aprovação, com restrições, da compra da Rede Sé Supermercados pela Companhia Brasileira de Distribuição (Grupo Pão de Açúcar).A Seae recomenda que o Cade determine a venda de parte das lojas adquiridas pela CBD, em regiões de São Paulo e no município de Mogi das Cruzes. Segundo parecer da Seae, a análise dos técnicos mostrou que haverá nessas áreas concentração da CDB, colocando em risco o ambiente concorrencial.A operação foi feita em agosto de 2002, quando a CBD adquiriu cotas da Rede Sé de Supermercados, propriedade do grupo português Jerônimo Martins, distribuição Brasil Ltda. A operação envolveu 46 lojas de supermercados, 15 hipermercados e quatro depósitos, em 21 cidades no estado de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.