Seca prejudica plantio de grãos no Estado de SP

A estiagem que vem atingindo o interior paulista está desaconselhando o plantio de grãos na maior parte do Estado. Os dados de armazenamento hídrico apontam apenas uma dezena de municípios com condições favoráveis para o desenvolvimento vegetal. Em algumas regiões, a situação é considerada crítica e, na maior parte, o solo é regular ou desfavorável ao plantio.Segundo dados do Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas (Ciiagro), do Instituto Agronômico (IAC), as regiões mais castigadas pela seca são a Média Mogiana e Alta Mogiana. Nestas áreas não consta nenhum município com condições favoráveis ao plantio. Barretos, por exemplo, apresenta uma reserva hídrica de apenas 2 milímetros (mm) num total armazenável de 125 mm. Ribeirão Preto, que tem reserva quase dez vezes maior, a situação é desfavorável ao plantio.A região da Alta Paulista apresenta boas condições apenas nos arredores de Araçatuba, mas coloca Bauru na classificação crítica. No Vale do Paraíba a situação é mesmo problemática, mas condições favoráveis ao desenvolvimento vegetal aparecem apenas em Ourinhos e Presidente Prudente. No Sudoeste do Estado, Itapetininga e Itapeva têm condições favoráveis. A melhor situação, porém, é a da pouco agricultável Campos do Jordão, uma das poucas regiões com condições favoráveis tanto para preparo do solo como para desenvolvimento vegetal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.