Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 10/4/2019
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 10/4/2019

Secretário da Previdência afirma que dados serão enviados à Câmara ainda nesta quarta-feira, 24

Ele não especificou como será essa entrega, se física ou remota e nem por quem será feita

Camilia Turtelli, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2019 | 19h22

BRASÍLIA - Em uma breve passagem pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 24, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmou que os dados desagregados sobre a reforma da Previdência serão entregues ao parlamento ainda nesta quarta-feira, 24, "dentro do prazo".

"Governo vai cumprir o prazo sobre dados da previdência para Câmara", disse. Ele não especificou como será essa entrega, se física ou remota e nem por quem será feita. "Alguém do governo vai entregar esses dados", disse. "Quem pediu dentro da lei vai receber", afirmo Marinho, acrescentando que amanhã os dados completos serão apresentados para imprensa.

Alguns deputados protocolaram requerimentos pedindo os dados completos da economia da reforma. Um desses pedidos foi feito pelo líder do PSB, o deputado Tadeu Alencar (PE). O pedido foi apresentado no dia 13 de março e o prazo para a resposta do Ministério da Economia vence às 20h, desta quarta-feira.

No documento, Alencar pede informações "sobre hipóteses de comportamento e dados econômicos e atuariais empregados nas estimativas de receitas e despesas que fundamentam a Proposta de Emenda Constitucional da Reforma da Previdência". Alencar disse que está acompanhando e aguardando o fim do prazo para se manifestar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.