Secretário do Planejamento avalia que crise está superada

O secretário de assuntos internacionais do ministério do Planejamneto, Demian Fiocca, disse hoje em palestra na Amcham, em São Paulo, que a crise na economia brasileira já está superada e já se permite vislumbrar um cenário de volta dos investimentos privados. Em sua opinião, a estabilização garante agora a ênfase no planejamento público e privado. Ele afirmou que, até o final deste mês, o governo deve anunciar os detalhes do chamado "marco regulatório" e do programa plurianual de investimentos para de 2004 a 2007.Os investimentos, segundo Fiocca, serão liderados pelo setor privado. Segundo o secretário, o Brasil tem crédito nos organismos multilaterais, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco Mundial (BIRD) e Corporação Andina de Fomento (CAF). Apesar disso, Fiocca reiterou que prefere que os investimentos sejam feitos pelo setor privado. "A limitação de investimentos do setor público ocorre devido à política de austeridade necessária para preservar a estabilidade macroeconômica", afirmou. Segundo ele, nos investimentos superiores a R$ 191 milhões do programa plurianual, há espaço para que haja maior acesso do setor privado ao crédito internacionasl. "O papel do governo estará centrado no planejamento, na coordenação e no fomento do investimento privado", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.