finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Secretário do Rio de Janeiro lamenta o insucesso de Eike Batista

Empreendedorismo sempre tem que ser valorizado, afirma secretário do Desenvolvimento Julio Bueno

Economia & Negócios,

13 de novembro de 2013 | 17h13

SÃO PAULO - O secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro, Julio Bueno, comentou as possíveis consequências da crise enfrentada pelas empresas do Grupo EBX, do empresário Eike Batista.

"O problema é que se trata de um grupo do Rio de Janeiro. O Eike tinha uma generosidade e uma parceria com o Estado e com o município", afirmou. "O empreendedorismo tem de ser valorizado. Sempre que o empreendedor não consegue sucesso, deveria ser uma dor para todos nós."

O secretário ressaltou que as empresas do Grupo EBX deixam dois ativos importantes para o Rio. O Porto do Sudeste e o estaleiro de Açu. "São importantes e geram oportunidades de investimento."

Sobre o pré-sal, Bueno citou que em 2020 serão produzidos 5 milhões de barris de petróleo por dia e que 2 milhões poderão ser exportados.

Tudo o que sabemos sobre:
Forum Estadao Sudeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.