Secretário dos EUA reitera que Alca é prioridade

A prioridade da política norte-americana para a América Latina é o comércio, reiterou hoje o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, John Snow. Depois de fazer um discurso destacando os benefícios do livre comércio para a região, sobretudo para o crescimento econômico do Brasil, o secretário afirmou que, para os Estados Unidos, o melhor a fazer é produzir com a América Latina um acordo de grande alcance comercial, a Área de Livre Comércio das Américas (Alca)."Alcançar o acordo não será fácil e exigirá muita negociação, mas acredito que esse é um jogo no qual só há vencedores", afirmou. Ele referia-se ao sucesso do Acordo de Livre Comércio da América do Norte, em vigor desde 1994, para Estados Unidos, México e Canadá. Snow destacou que, por serem as duas maiores economias do hemisfério e co-presidirem a fase final das negociações da Alca, Brasil e Estados Unidos dividem a responsabilidade pelo progresso econômico no continente inteiro.O secretário norte-americano reiterou que a posição do Brasil contrária à guerra com o Iraque sem o aval das Nações Unidas decepcionou Washington, mas afirmou que os dois países têm uma parceria madura, o que impedirá qualquer prejuízo nas relações bilaterais por conta da posição brasileira. Para Snow, crescimento econômico e redução da pobreza não são políticas opostas. Ao contrário, "as políticas que incentivam investimento privado criam empregos produtivos, a única forma efetiva de reduzir a pobreza".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.