Secretário propõe a Dilma mudança em edital de plataformas

O secretário de Energia, Indústria Naval e Petróleo do Estado do Rio de Janeiro, Wagner Victer, encaminhou à ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, carta em que enumera "sugestões de modificações a serem incluídas nos editais das plataformas P51 e P52, sob licitação da Petrobras". As modificações, explica Victer no documento encaminhado à ministra, visam garantir a participação da indústria nacional na licitação, o que levaria a uma maior geração de empregos.O secretário pediu também que fosse adiado o prazo para a apresentação das propostas, que vence na terceira semana de fevereiro. "Um adiamento por 30 a 45 dias é necessário para adaptação dos concorrentes às novas regras do edital. Entre as propostas apresentadas, está a adoção de um percentual mínimo de conteúdo local na faixa de 60% e realização de sua integração com os módulos no Brasil. Outra sugestão de Victer é colocar as condições do financiamento do BNDES/EXIM como regra geral para a equalização das propostas nacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.