Felipe Rau/ Estadão
Felipe Rau/ Estadão

Secretários de Fazenda pedem ao governo para adiar reunião sobre ICMS/Combustíveis

Estados reagiram negativamente à proposta do líder do governo, Romero Jucá (MDB-RR), de reduzir o tributo e os secretários afirmam que não há espaço para perder arrecadação

Adriana Fernandes, O Estado de S.Paulo

24 Maio 2018 | 15h06

BRASÍLIA - Os secretários de Fazenda dos Estados pediram oficialmente ao Ministério da Fazenda para adiar a reunião marcada a sexta-feira, 25, com o objetivo de discutir mudanças na cobrança do ICMS sobre combustíveis. Segundo o coordenador de secretários de fazenda no Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), André Horta, os secretários alegaram razões operacionais de deslocamento por causa dos problemas de abastecimento que, certamente, comprometeriam o quórum. A reunião, prevista para amanhã, 25,terá presença do presidente Michel Temer.

+ AO VIVO: Siga a greve dos caminhoneiros pelo Brasil

"Acre nos informou que já não decola. Roraima idem. Estado de Sergipe parece ter combustível somente até hoje e o próprio aeroporto de Brasília, para retornar, há notícias de dificuldades", disse.

Os Estados reagiram negativamente à proposta do líder do governo, Romero Jucá (MDB-RR), de reduzir o tributo e os secretários afirmam que não há espaço para perder arrecadação.

+ Greve de caminhoneiros provoca falta de alimentos e combustível em SP e no Rio

Ontem, 23, Horta recebeu a informação do Ministério da Fazenda de que o presidente Temer não iria propor redução do ICMS sobre os combustíveis aos Estados. O recado foi transmitido pela secretária executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.