Segmento de consórcios apresenta bons resultados

De acordo com dados do Banco Central, o sistema de consórcio registrou, de maio de 1999 a abril de 2000, a comercialização de 1,24 milhão de novas cotas. Esse número se divide em: 78,5% para automóveis, 18,6% para eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis novos e 2,9% para imóveis. Um destaque no sistema é o setor de eletroeletrônicos que, nos doze meses, mostrou dois movimentos diferentes. De maio a dezembro de 99, foram comercializadas 134,5 mil novas cotas, enquanto no período de janeiro a abril de 2000 houve venda de 95 mil, projetando uma evolução de 45%, acompanhando o ritmo do crescimento desse segmento. Até abril deste ano, o sistema de consórcios somava 2,7 milhões de participantes ativos em comparação aos 2,6 milhões de abril de 1999, confirmando assim a tranqüilidade e a estabilidade do setor com ligeira tendência de alta. Novamente nos quatro primeiros meses de 2000, o número de consorciados em imóveis mostrou crescimento, de 20,6%, em relação aos do ano passado. Os veículos automotores também continuaram evoluindo positivamente, de 5,6%. Lembre-se: consórcio não é crédito O consórcio com muita freqüência é analisado como alternativa de crédito. Mas, rigorosamente, não pode ser comparado. Isso porque uma operação de crédito exige que o consumidor comece a usufruir imediatamente da operação, seja pegando dinheiro vivo, para gastar em algo que queira, seja na compra de um bem ou serviço a prazo. No consórcio, uma administradora reúne pessoas que tenham objetivos semelhantes, como comprar um carro. Estas pessoas contribuem mensalmente para um fundo que é usado para comprar o bem para um ou mais consorciados naquele período. Assim, aos poucos, todos vão recebendo seu bem. O detalhe é que o consorciado pode receber este bem no primeiro mês ou no último, sendo que começou a pagar junto com todos.Veja mais informações sobre as operações de consórcio na Cartilha sobre crédito do site Finanças Pessoais. Basta acessar o link abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.