Segunda prévia do IGP-M de março fica em 0,55%

A segunda prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) de março ficou em 0,55% segundo informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em fevereiro, a segunda prévia do IGP-M ficou em 0,22%. O resultado de março ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pela Agência Estado (entre 0,50% a 0,61%) e abaixo da média das projeções (0,56%). A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem a segunda prévia do IGP-M de março. O Índice de Preços por Atacado (IPA) registrou a mesma taxa da segunda prévia do IGP-M, e ficou em 0,55% em março, ante alta de 0,09% em igual período em fevereiro; por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) ficou em 0,49% em comparação com aumento de 0,43% apurado na segunda prévia de fevereiro; já o Índice Nacional do Custo da Construção (INCC) ficou em 0,70% ante alta de 0,50% registrada em igual período em fevereiro. O período de coleta de preços utilizado para calcular a segunda prévia do IGP-M de março foi do dia 21 de fevereiro a 10 de março.A segunda prévia do IGP-M de março é a maior nesse tipo de índice desde dezembro do ano passado, quando a segunda prévia do indicador ficou em 0,63%. A informação é baseada em tabela com a série histórica da segunda prévia do índice, fornecida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em divulgações anteriores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.