Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Segunda semana de outubro registra saída de US$ 55 milhões

O valor é bastante diferente do registrado na primeira semana do mês - entre 3 e 7 - quando o Brasil recebeu US$ 3,458 bilhões

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

19 de outubro de 2011 | 13h04

A segunda semana de outubro - entre os dias 10 e 14 - registrou fluxo cambial negativo. Dados do Banco Central mostram que a semana passada registrou a saída líquida de US$ 55 milhões. O valor é bastante diferente do registrado na primeira semana do mês - entre 3 e 7 - quando o Brasil recebeu US$ 3,458 bilhões.

Na semana passada, a saída de recursos foi liderada pela conta financeira, que amargou saldo negativo de US$ 436 milhões. O valor é resultado de remessas totais de US$ 4,350 bilhões, cifra superior aos US$ 3,914 bilhões que ingressaram no mesmo período. Nessa conta, são registradas operações como compra e venda de ações e títulos de renda fixa, empréstimos, remessas de lucros e investimentos produtivos.

Na conta comercial, a segunda semana de outubro teve entrada líquida de US$ 381 milhões, resultado de exportações de US$ 4,157 bilhões, que superaram as importações de US$ 3,777 bilhões entre os dias 10 e 14 do mês.

Reservas

O Banco Central também divulgou que as reservas internacionais não sofreram impacto de intervenções realizadas pela instituição no mercado de câmbio. Desde 13 de setembro, o BC não compra dólares no mercado à vista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.