Segundo dia apresenta conexão instável

A Campus Party é uma grande vitrine para grandes empresas que querem reforçar sua marca, para startups (companhias iniciantes) atrás de investidores e para os campuseiros (como o evento chama seus participantes) em busca de contatos que possam significar parcerias ou oportunidade de emprego ou estudo no futuro. O desafio destes é fazer que um projeto apareça no meio de tantas atividades e ações de marketing.

Carla Peralva, O Estado de S.Paulo

20 de janeiro de 2011 | 00h00

Mas o dia de ontem começou tenso no evento, com sua conexão de internet de 10 gigabits por segundo (Gbps) apresentando problemas em aproximadamente um quarto das bancadas da arena. O problema foi resolvido em minutos, mas a rede seguiu instável por toda a área próxima ao palco principal até o começo da tarde. A calma só veio ao meio-dia, quando a organização do evento anunciou que os dez geradores comprados após o apagão de segunda-feira já estavam instalados e abastecerão o Centro de Exposições Imigrantes em caso de nova queda de energia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.