Seguradoras faturam mais de R$ 28 bilhões no semestre

As seguradoras faturaram mais de R$ 28 bilhões, nos seis primeiros meses de 2006, conforme levantamento realizado pelo Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP). O estudo do sindicato dá destaque aos ramos operados pelos corretores excluindo, portanto, os valores relativos aos negócios com previdência privada VGBL e seguro de saúde. O faturamento, neste caso foi de R$ 17,4 bilhões no primeiro semestre de 2006, apresentando um crescimento de 16%, em comparação com o primeiro semestre de 2005.Segundo o sindicato, a Bradesco Seguros continua sendo a líder absoluta do mercado com participação de 13,58%, considerando todos os ramos menos Saúde e o plano de previdência privada VGBL. Em seguida, o levantamento aponta a SulAmérica e a AIG Unibanco, mantendo as mesmas posições do ano passado. As três maiores companhias de seguros do país juntas concentram quase 32% do mercado. Concentração que, apesar de alta, diminuiu em relação a 2005, quando a participação delas ultrapassava os 35%.O Sincor-SP destacou ainda a Porto Seguro, que saltou para a primeira posição no ramo de automóveis com participação de 15,46%, ultrapassando a seguradora do Bradesco (15,30%), por 0,16 ponto porcentual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.