Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Seguro pode estimular a busca por emprego nos EUA, diz Bernanke

Presidente do Federal Reserve fez o comentário em meio aos questionamentos das autoridades sobre a manutenção do fornecimento do seguro no país 

Patrícia Braga, da Agência Estado,

26 de março de 2012 | 12h58

O seguro desemprego pode ajudar a estimular os trabalhadores a se manterem no contingente de trabalho, afirmou hoje o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, durante a conferência anual da Associação Nacional para Economia de Negócios. Fornecer benefícios aos trabalhadores sem emprego provavelmente não vai contribuir para a aumentar a taxa de desemprego ao para elevar ainda mais o elevado nível de desemprego de longo prazo, completou Bernanke.

"Eu não atribuiria a ampliação do desemprego de longo prazo ou o elevado nível de desemprego ao segundo desemprego", afirmou Bernanke. "O seguro desemprego é parte importante do nosso sistema de suporte, nossa rede de segurança."

Autoridades americanas questionam por quanto tempo o governo federal vai conseguir fornecer seguro desemprego para os trabalhadores, e alguns argumentam que esse benefício pode diminuir a motivação do trabalhador para encontrar trabalho. Bernanke não determinou por quantas semanas o governo deve fornecer este tipo de ajuda. AS informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
desempregoEstados UnidosBernanke

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.