Sem proposta da Petrobras, petroleiros ameaçam greve nacional

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) informou hoje que as paralisações surpresa de 24 horas da categoria prosseguem hoje em todo o País. Hoje pararam os funcionários da Refinaria de Capuava (Recap), em Mauá (SP); Refinaria Gabriel Passos, em Betim (MG); e Refinaria de Manaus (AM), entre outras áreas de produção.Os petroleiros informam também que, se até amanhã a Petrobras não apresentar uma contraproposta que atenda às principais reivindicações da categoria, os petroleiros deverão decidir por uma greve nacional com parada de produção.Os petroleiros reivindicam 13,2% de reajuste e uma nova política de segurança na empresa. Segundo a FUP, na última reunião realizada com a Petrobras, no início desta semana, a empresa manteve a proposta de reajuste de 7,81%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.