Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Senado adia votação de projetos do preço dos combustíveis

Votação dos projetos foi remarcada para a semana que vem; já a proposta que prevê subsídio à tarifa do transporte urbano, calculada em R$ 5 bilhões, está mantida na pauta de hoje

Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

16 de fevereiro de 2022 | 15h15

BRASÍLIA  - O Senado decidiu adiar a votação de dois projetos relacionados ao preço dos combustíveis, que estavam na pauta do plenário nesta quarta-feira, 16, para a semana que vem.

A informação foi confirmada pelo relator das propostas, senador Jean Paul Prates (PT-RN), após reunião com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL)

Uma terceira proposta, que garante subsídio federal à tarifa do transporte urbano para idosos, calculada em R$ 5 bilhões, está mantida na pauta de hoje.

"O processo legislativo demanda cautela e diálogo, e estamos avançando em busca de um entendimento que permita tramitação veloz na Câmara dos Deputados do texto que for aprovado no Senado. Ao mesmo tempo, vamos ouvir mais pessoas, buscando a solução que priorize os mais pobres", disse o relator em nota.

Tudo o que sabemos sobre:
combustívelPEC dos Combustíveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.