Senado aprova plano de ajuda à pequena empresa

WASHINGTON

, O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2010 | 00h00

Depois de mais de um mês de impasse político, o Senado dos EUA aprovou o pacote de ajuda às pequenas empresas, que inclui US$ 12 bilhões em isenções de impostos. O pacote será enviado à Câmara e um assessor da liderança da bancada democrata disse que a votação deverá ocorrer na próxima semana.

O pacote foi aprovado com 61 votos a favor e 38 contra. Todos os senadores do Partido Democrata, do presidente Barack Obama, votaram a favor; todos os do Partido Republicano votaram contra, exceto George Lemieux (Flórida) e George Voinovich (Ohio), que se alinharam com os democratas.

Os US$ 12 bilhões em isenções de impostos incluem uma baixa contábil de 50% do investimento em compra de equipamentos novos em 2010, que beneficiará também grandes empresas. No caso das pequenas empresas, os investimentos que elas poderão deduzir dos impostos a serem pagos em 2010 e 2011 serão duplicados para US$ 500 mil. O pacote também cria um programa de crédito de US$ 30 bilhões dos bancos regionais às pequenas empresas. / DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.