Senado argentino aprova horário de verão

O Senado argentino aprovou hoje o projeto de lei do Executivo para adiantar o fuso horário em uma hora a partir da zero hora do próximo dia 30. O projeto será enviado agora para a Câmara dos Deputados, onde o governo de Cristina Kirchner espera aprová-lo, ainda hoje, em sessão extraordinária. O projeto faz parte de um programa para poupar energia e enfrentar a crise energética que bate à porta da Argentina desde 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.