Senado dos EUA confirma inspetor para programa de socorro

O Senado norte-americano confirmou por unanimidade na noite de segunda-feira o nome de um procurador-assistente de Nova York como inspetor do programa de socorro de 700 bilhões de dólares. Neil Barofsky deve fiscalizar o programa TARP que o Tesouro dos Estados Unidos implementou para ajudar o setor de serviços financeiros. "Uma forte fiscalização do programa continua sendo crítica, incluindo ter um inspetor independente no Tesouro que se concentrará nos interesses dos contribuintes e em resguardá-los de fraudes e abusos", afirmou em comunicado o senador republicano Judd Gregg. O programa de socorro tem sido criticado por alguns parlamentares, que acusam bancos de guardarem os recursos recebidos via TARP ao invés de emprestá-los para indústrias e consumidores de modo a descongelar o mercado de crédito. (Por Christopher Doering)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.