Senador pedirá investigação sobre a espanhola OHL

O presidente da Comissão de Infra-Estrutura do Senado, Marconi Perillo (PSDB-GO), disse hoje à Agência Estado que vai apresentar requerimentos ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério Público Federal (MPF) para que esses dois órgãos investiguem a empresa espanhola OHL e o leilão de rodovias realizado pelo governo no dia 9 deste mês. A OHL foi a principal vendedora da disputa: arrematou cinco dos sete trechos oferecidos, inclusive as rodovias Fernão Dias (São Paulo-Belo Horizonte) e Régis Bittencourt (São Paulo-Curitiba).O senador tomou essa atitude devido a uma reportagem publicada na edição de hoje do diário espanhol El País, segundo a qual a OHL pode sofrer uma "chuva de processos" por não entregar obras no prazo estipulado. Um desses atrasos teria ocorrido nas obras da construção do trem rápido entre Barcelona e Madri. "Temos de investigar pois é preciso saber se a empresa tem condições de assumir essas importantes estradas brasileiras", disse Perillo.Perillo anunciou que pediria essa investigação nesta tarde, ao pedir a palavra durante sessão do plenário do Senado. Depois disso, o assunto continuou sendo debatido por senadores do governo e da oposição. "Apresentarei os requerimentos como presidente da Comissão de Infra-Estrutura, mas também vou pedir para os demais parlamentares da bancada do PSDB assinarem", disse.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

24 de outubro de 2007 | 20h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.