finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Senador Requião e ex-BNDES abrem ação contra Libra

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) e o ex-presidente do BNDES Carlos Lessa são autores, com outras quatro pessoas, de uma das ações populares contra o leilão do campo de Libra, marcado para segunda-feira, 21, no Rio de Janeiro. Eles alegam que a operação "contraria o interesse nacional" e que pode causar "dano para a União que pode ultrapassar os 176 bilhões de reais".

AE, Agencia Estado

18 de outubro de 2013 | 20h25

"Foi por isso que apoiamos a presidente Dilma Rousseff?", indaga o senador, em uma gravação postada em sua página na internet. Ele afirma que acreditou quando Dilma disse, na campanha eleitoral à Presidência, que a privatização do pré-sal era crime. Declara também que não há "explicação lógica" para o leilão, mesmo após o escândalo da espionagem. "Essa determinação de o Exército brasileiro ir defender o entreguismo do petróleo é um `pinochetaço'' e não aceito isso."

Tudo o que sabemos sobre:
pré-salleilãoRoberto Requião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.