finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Sentimento econômico sobe para 88,8 na zona do euro

O indicador de sentimento econômico geral da zona do euro (grupo que reúne os 16 países que adotam o euro como moeda), que mede a confiança das empresas e dos consumidores, subiu de 86,1 em outubro para 88,8 em novembro. Analistas esperavam, em média, alta para 88,1. Esse foi o oitavo mês consecutivo de aumento, informou hoje a Comissão Europeia.

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

27 de novembro de 2009 | 08h47

Com base numa pesquisa separada, a Comissão Europeia informou que a taxa de utilização da capacidade instalada subiu para 70,7% em outubro, ante 69,6% em julho. No segundo trimestre de 2008, antes de a crise financeira se intensificar com o colapso do banco norte-americano Lehman Brothers, a utilização da capacidade estava em 83,7%.

Já o Indicador de Clima Empresarial, uma medida separada do sentimento da indústria de transformação, subiu de -1,79 em outubro para -1,56 em novembro. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.