S&P afirma rating da Alemanha em AAA

A agência de classificação de riscos Standard & Poor''s manteve os ratings do crédito soberano da Alemanha de longo prazo e de curto prazo em AAA e A-1+, respectivamente. Segundo a S&P, a perspectiva do rating de longo prazo é estável.

LUCAS HIRATA, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES, Agencia Estado

12 de julho de 2013 | 09h26

"Os ratings da Alemanha refletem nossa visão de sua economia moderna, altamente diversificada e competitiva, e o histórico do governo de políticas fiscais prudentes e disciplina de gastos. Além disso, acreditamos que a economia alemã tem demonstrado a sua capacidade de absorver grande choques econômicos e financeiros", afirmou a S&P em um comunicado.

A perspectiva estável do rating de longo prazo da Alemanha reflete, segundo a agência, a expectativa de que suas finanças públicas continuarão a suportar potenciais choques financeiros e econômicos. Além disso, a Standard & Poor''s também espera que "o consenso a favor de políticas econômicas prudentes" permanecerá. "Esperamos que esses fatores contenham a proporção dívida líquida do governo geral e sustentem a posição de credora externa líquida da economia".

No entanto, a agência disse que poderá rebaixar o rating de crédito soberano de longo prazo não solicitado da Alemanha se, ao contrário das expectativas atuais da agência, a proporção da dívida líquida do governo geral aumentar significativamente a partir de seu nível atual de pouco menos de 80% do PIB.

"Isso poderia ocorrer, por exemplo, se déficits consistentemente maiores do que o esperado ultrapassarem significativamente o limite constitucional. Um aumento inesperado nos passivos contingentes, particularmente do setor bancário, também poderia criar pressão de queda sobre o rating. Atualmente, nós não esperamos estes

cenários se materializem no horizonte de perspectivas (de até 24 meses)".

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaS&Prating

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.