S&P alerta para maior risco nos bancos espanhóis

A agência de classificação Standard & Poor's alertou nesta sexta-feira sobre riscos crescentes para os bancos espanhóis, cortando sua avaliação de toda a indústria e as notas de partida individuais dos bancos.

Reuters

23 de novembro de 2012 | 12h51

A agência revisou o risco do setor por causa da piora do cenário econômico, incluindo um setor público mais fraco e um setor privado mais arriscado, afetados pela recessão, medidas de austeridade e desemprego.

A S&P também rebaixou a nota soberana da dívida espanhola para um nível acima do nível de especulativo, em linha com a agência concorrente Moody's.

"A rápida deterioração da dívida espanhola, comprovada pelos vários rebaixamentos nos últimos 12 meses, é um dos principais indicadores de maior risco de crédito na concessão de empréstimos às famílias, empresas e ao setor público", disse a S&P, em nota.

A S&P cortou o ponto de partida de suas notas para instituições financeiras que operam principalmente na Espanha para 'bb+' de 'bbb-', excluindo o Santander e o Banco Bilbao Vizcaya Argentaria.

(Por Jesús Aguado)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROESPANHASP*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.