S&P atribui rating "estável" a Vicunha

A empresa de classificação de risco Standard & Poor´s atribuiu o rating (nota) "brBBB" para as debêntures da Vicunha Nordeste. "A perspectiva é estável", diz a agência em comunicado divulgado há pouco. A emissão da Vicunha, no valor de R$ 100 milhões e vencimento em três anos, deve ser concluída nos próximos meses. Segundo a S&P, o rating se baseia na boa posição de mercado da empresa, no seu diversificado portfólio de produtos, bem montada estrutura de vendas e sólido desempenho operacional. A agência diz que esses pontos positivos são contrabalançados pelo mercado competitivo no qual a Vicunha Nordeste atua, devido à concorrência dos produtos importados da Ásia, a natureza cíclica e volátil da indústria têxtil e das dívidas da empresa. O rating reflete a expectativa da S&P de que a empresa será capaz de manter sua posição de liderança no mercado doméstico, expandir seus negócios no exterior e reduzir o endividamento com a geração de caixa. A Vicunha é líder na produção de índigo no Brasil, com 35% do mercado, e também fabrica brim, fibras, fios sintéticos, malhas, produtos de tecelagem e confecção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.