S&P reafirma ratings soberanos do Brasil

A agência de classificação de risco de crédito Standard & Poor''s reafirmou a nota BB+ de longo prazo em moeda estrangeira e BBB de longo prazo em moeda local, o rating B de curto prazo em moeda estrangeira e A-3 de curto prazo em moeda local do Brasil. A perspectiva para o rating é positiva. A S&P reafirmou também o rating de crédito em escala nacional brAAA, o rating BBB de transferência e conversibilidade e o rating de recuperação 3 da República.Segundo a analista de crédito da S&P, Lisa Schineller, a reafirmação dos ratings reflete, em parte, o compromisso do governo em manter um superávit primário de 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB) para o setor não financeiro público. O superávit primário é a economia que o governo faz para o pagamento da dívida pública. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.