S&P rebaixa rating da Berkshire Hathaway

A Standard & Poor''s rebaixou o rating de crédito da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, para AA, de AA+. A perspectiva do rating é negativa. Segundo a agência, o rebaixamento resultou da dependência do conglomerado de suas operações na área de seguros. Recentemente, a S&P revisou os critérios que usa para avaliar a qualidade de crédito das seguradoras, para refletir melhor a capacidade de empresas que controlam companhias de seguros para acessar os recursos que elas geram.

Agencia Estado

16 de maio de 2013 | 15h49

A agência disse que a decisão foi motivada "pela dependência da Berkshire de suas operações centrais de seguros para a maior parte de sua receita com dividendos". A ferrovia Burlington Northern é a única subsidiária da Berkshire fora da área de seguros a prover "uma porção significativa dos dividendos totais das companhias operacionais à controladora".

Em entrevista, os analistas de seguros da S&P apressaram-se a ressalvar que a agência também reafirmou o rating AA+ para as operações de seguros da Berkshire - o rating mais alto que a S&P dá a empresas desse setor. Eles também destacaram que as controladoras da maioria das seguradoras dos EUA têm ratings três graus abaixo de suas respectivas subsidiárias na área de seguros. O caso da Berkshire, no qual o diferencial é de apenas um grau, é muito raro e reflete o forte balanço patrimonial da empresa.

Rodney Clark, diretor executivo de ratings do setor de seguros da S&P, destacou que o rebaixamento de rating "não resultou de uma deterioração da Berkshire ou de seu desempenho. Não é o caso".

Até a crise financeira, a S&P e outras agências de classificação de crédito atribuíam o rating máximo AAA à Berkshire Hathaway. Elas começaram a rebaixar os ratings em março de 2009, citando preocupações quanto à carteira de derivativos da empresa, dúvidas sobre quem seria o sucessor de Buffett no comando da companhia e outros fatores. Hoje, a S&P voltou a citar a "sucessão na gestão" como um dos fatores que influenciam seu rating.

As operações da Berkshire na área de seguros incluem a Geico Corp., terceira maior seguradora de automóveis dos EUA, e várias outras subsidiárias pouco conhecidas, como a Medical Protective Corp. A Applied Underwriters Inc., a Seaworthy Insurance Co. e a General Re. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAS&PBerkshire Hathaway

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.