S&P rebaixa rating de dívida soberana da Argentina para 'B-'

A agência de classificação de risco Standard&Poor's rebaixou nesta terça-feira o rating da dívida soberana da Argentina de "B" para "B-", com perspectiva negativa, afirmou o órgão em comunicado, citando "riscos elevados à formulação de políticas".

Reuters

30 Outubro 2012 | 20h44

A decisão foi anunciada depois de um tribunal dos Estados Unidos decidir que o país sul-americano não tratou seus credores de forma igualitária na reestruturação de sua dívida soberana.

"Isso, apoiado por acontecimentos recentes, incluindo o pagamento em moeda local de um bônus provincial denominado em dólares emitido sob a lei argentina e o bloqueio de uma embarcação da Marinha argentina em Gana por credores da dívida em descumprimento, reforça os crescentes desafios que o governo (argentino) provavelmente continuará a enfrentar", avaliou a S&P em comunicado.

Mais cedo, a agência Fitch colocou a classificação da dívida argentina em moeda estrangeira sob perspectiva negativa, alegando que a decisão do tribunal "aumentou a incerteza sobre a capacidade do país de cumprir com seus títulos internacionais emitidos sob a lei nova-iorquina sob o sistema financeiros norte-americano."

(Reportagem de Hugh Bronstein e Hilary Burke)

Mais conteúdo sobre:
MACROARGENTINARATINGS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.