S&P vê Brasil e Peru com provável 'grau de investimento'

O Brasil e o Peru, provavelmente, serão os próximos países a obter o grau de investimento pela agência de classificação de risco Standard & Poor´s, de acordo com a diretora de Rating Soberano, Lisa Schineller. "O upgrade do Brasil é possível, mas não garantido", afirmou ela, durante evento promovido pela Câmara de Comércio Brasil-EUA.A diretora avalia que a elevação depende de sinais políticos e indicadores da economia. Sobre os sinais políticos, a agência quer ver indicação de continuidade de queda na trajetória da dívida/PIB e avaliar quais serão as políticas do governo diante do tremor no mercado financeiro.A analista vê expansão do Produto Interno Bruto (PIB) potencial entre 4% e 4,5% para o País e diz que a economia está "muito quente". "A economia está acima do potencial", disse aos investidores. Schineller diz ainda que está acompanhando como o déficit de conta corrente vai ser financiado."O País tem rigidez orçamentária e é uma economia bem mais fechada em comparação com países de grau investimento", disse. Ela destaca, no entanto, que o País está mais forte para enfrentar a deterioração atual. "Comprometimento (com responsabilidade) na política fiscal é chave".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.