Serasa confirma queda na inadimplência das empresas

O gerente de Análise de Crédito da Serasa S/A., Márcio Ferreira Torres, confirmou nesta segunda-feira que a inadimplência das empresas caiu 16% no último semestre, em relação ao mesmo período do ano passado. Torres explicou a ´boa notícia´ lembrando que o principal fator para esse resgate do crédito por parte das pessoas jurídicas foi o crescimento da economia no começo do ano. "Essa expansão da economia acaba trazendo o aumento de vendas, novos negócios e isso acaba melhorando o orçamento das empresas, fazendo com que elas paguem os seus compromissos em dia", disse.O gerente da Serasa informou que a taxa de inadimplência é medida nas empresas a cada dois meses e, no primeiro bimestre do ano ela já havia caído 16%. Segundo ele, este número é considerado normal no início de ano, porque ofinal do ano anterior acaba sendo fator de reforço do caixa das empresas. Salientou, no entanto, que a queda de janeiro e fevereiro foi acompanhada, no bimestre seguinte, por uma nova queda. Em março e abril caiu mais 12% e agora, entre maio e junho, caiu 21%.Torres acredita que a tendência daqui para frente é as empresas buscarem, cada vez mais, a recuperação dos créditos. "Como nós já estamos a três bimestres consecutivos de queda da inadimplência e esse crescimento da economia está sendo mantido, não tem porque esse número voltar. Então, ele deve ser mantido nos próximos meses também", previu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.