Serasa constata aumento de cheques sem fundos

A quantidade de cheques devolvidos por falta de fundos no Brasil, em relação ao total de compensados, aumentou 25,3% em maio, na comparação ao mesmo período de 1999. O número é da Serasa -empresa de análises e informações econômico-financeiras e cadastrais. A empresa também constatou que a cada mil cheques compensados no mês passado, 10,9 foram devolvidos, ante 8,7 devoluções registradas no mesmo mês do ano passado. Os indicadores da Serasa revelam que no acumulado do ano, até maio, foram registradas 10,3 devoluções para cada mil cheques compensados, ou seja, 8,4% mais do que no mesmo período de 1999. Títulos protestados também aumentam O total de títulos protestados de pessoas física e jurídica também registrou alta. Em maio deste ano, foram protestados 505,4 mil títulos, um aumento de 0,5% sobre os 503,1 mil protestos em maio de 1999. Segundo a Serasa, o protesto de pessoas físicas puxaram o crescimento, com alta de 1,1%, enquanto o protesto de pessoas juídicas subiu 0,14%. No acumulado do ano, os protestos de pessoas físicas e jurídicas diminuíram. Em comparação com o período de janeiro a maio de 1999, o total de títulos protestados caiu 18,8%. Em relação ao acumulado de 1998, a redução foi maior, de 28,6%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.