Serasa: microempresa quita dívida em no máximo 7 dias

A Serasa Experian, que atua no setor de análise de crédito, divulgou hoje o Indicador da Pontualidade de Pagamentos das MPEs, voltado para as micro e pequenas empresas. O levantamento mostra que, nos primeiros quatro meses do ano, 94,4% das 600 mil micro e pequenas empresas consultadas quitaram seus compromissos à vista ou com, no máximo, sete dias de atraso. O resultado é o melhor para períodos de quatro meses da série histórica do índice, iniciada em 2006.

GUSTAVO URIBE, Agencia Estado

18 de maio de 2010 | 16h15

Em abril, a pontualidade das micro e pequenas empresas foi ainda maior, de 94,7% - o melhor desempenho desde novembro de 2009 (95,3%). O setor que puxou o resultado mensal foi o industrial: 94,9% do total de empresas consultadas quitou as dívidas em dia.

De acordo com o levantamento, em abril o valor médio dos pagamentos efetuados aos fornecedores foi de R$ 1.496,98, uma quantia 9,8% inferior à registrada em abril do ano passado. A redução, segundo os analistas da Serasa Experian, é observada desde janeiro de 2009, quando a economia estava em recessão. "Entretanto, já é observada uma trajetória de ascensão de tais valores médios, na medida em que o crédito às micro e pequenas empresas vai sendo normalizado", explicam.

O indicador da Serasa Experian tem como base cerca de 8 milhões de pagamentos mensais. A empresa classifica como micro e pequenas as empresas com faturamento líquido anual abaixo de R$ 4 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
dívidasquitaçãomicroempresaSerasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.