DIV
DIV

Série de TV em que marca é só um ‘detalhe’

Episódios terão duração de 5 minutos e serão exibidos no canal Sony

Fernando Scheller, O Estado de S.Paulo

07 de março de 2016 | 03h00

A marca de absorventes Intimus, da multinacional americana Kimberly-Clark, vai falar sobre problemas femininos em uma série de 24 episódios de 5 minutos de duração a serem exibidos antes da nova temporada de Grey’s Anatomy, no canal Sony.

Os filmes serão baseados na vida de algumas “Marias” – no caso, Maria Laura, Maria Luísa, Maria Carol e Maria Paula. As personagens centrais, que dividem um apartamento, viverão dilemas comuns a mulheres de 20 e poucos anos. As histórias, cujas gravações foram encerradas na semana passada, foram concebidas, produzidas e dirigidas por mulheres.

Na verdade, esta é a segunda temporada das personagens, que agora voltam para interagir em histórias mais coesas. Durante a primeira leva de episódios da série – exibidos com o título Marias, Elas Não Vão Com As Outras –, a exibição foi nos canais Telecine.

De acordo com a diretora Vera Egito, os primeiros episódios tiveram conceitos que foram adaptados às diferentes temáticas dos canais de filmes, como Cult (produções alternativas), Happy (comédia), Family (família) e Action (aventura e ação). Agora, como todas as histórias serão exibidas em uma só emissora, foi possível fazer histórias mais coesas, que permitem interação entre as personagens. Vera dividiu a direção dos episódios da temporada com Mariana Bastos.

O conceito da série foi criado pelas agências Ogilvy e VML – que dividem a conta da marca Intimus –, mas a produção e o desenvolvimento dos episódios ficou a cargo da equipe de roteiristas e diretores da produtora Paranoid. Além da exibição no canal Sony, que começa no próximo dia 21, as histórias também poderão ser acessadas nas redes sociais da marca.

Em projetos de branded content (conteúdo de marca), uma das dificuldades, segundo Vera Egito, é o posicionamento do produto dentro das histórias. A opção, no caso da série Marias, foi a de aparições discreta do produto dentro de cada episódio. A única menção direta à marca virá antes do início do seriado, já que cada episódio começará com a cartela “Intimus apresenta”. “É importante que todos os envolvidos encarem o branded content como entretenimento, de conteúdo. Não se trata de uma propaganda”, define a diretora.

Temas. Como a duração total da série, após a exibição de todos os episódios, será de 120 minutos, a opção dos roteiristas foi abrir o leque de temas, sem restringir demais os roteiros ao tema menstruação.

Em uma das tramas, a personagem Maria Laura, conhecida pelo bom humor, arranja um emprego em um restaurante e tem de lidar com um cliente inconveniente. “Não é uma questão de assédio grave, mas de um tipo de atitude que incomoda, mas é aceita pela sociedade”, explica Vera. “E, nessa história, a opção foi a personagem sair da situação usando a ironia.” 

Mais conteúdo sobre:
Sony

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.