carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Serra anunciará medidas de estímulo fiscal na sexta-feira

Governador de São Paulo diz que objetivo é manter a atividade econômica no Estado neste momento de crise

Carolina Ruhman, da Agência Estado,

11 de dezembro de 2008 | 13h56

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), informou que anuncia na sexta-feira, 12, medidas de estímulo fiscal para ajudar a manter a atividade econômica no Estado neste momento de crise econômico-financeira. "Dentro das nossas possibilidades, estamos preparando algumas medidas adicionais", disse durante cerimônia de chegada e vistoria de novo trem do Metrô, na zona leste da capital paulista. Serra lembrou de ações já adotadas, entre elas o adiamento do recolhimento do ICMS gerado em dezembro, que será cobrado metade em janeiro, metade em fevereiro.  Veja também:Medidas de alívio fiscal devem somar R$ 10 bilhõesLula encontra empresários e deve anunciar corte de impostosDesemprego, a terceira fase da crise financeira globalDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise   "Creio que amanhã [sexta-feira] vamos anunciar as novas medidas." Ele não adiantou quais serão, alegando que elas ainda passam pelos últimos ajustes. "Vamos concluir isso até hoje à noite", explicou. De acordo com Serra, a intenção é ajudar as empresas a manterem os empregos. "Você não pode decretar que a empresa não desempregue. Você pode estimular", apontou. "Temos que manter a atividade econômica." Serra negou que esteja tomando medidas seguindo o exemplo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva."A esfera do governo do Estado é muito mais limitada do que a do governo federal", argumentou. De acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta semana, Serra lidera as intenções de voto em eventual disputa pela Presidência da República em 2010. Ele tem ampla margem sobre a eventual candidata do PT, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Tudo o que sabemos sobre:
José SerraSão Paulocrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.