Serra: governo não cedeu e não diminuiu preço da Cesp

O governador de São Paulo, José Serra, confirmou nesta tarde o cancelamento do leilão da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), programado para amanhã, na Bovespa. Em entrevista coletiva à imprensa concedida no Palácio dos Bandeirantes, Serra disse que as empresas queriam um valor menor para a Cesp. "O pessoal queria um valor menor, mas nós não vendemos na bacia das almas", afirmou.Serra argumentou que o governo "não cedeu às empresas e não diminuiu o preço da companhia". E destacou: "Mantivemos o patrimônio da Cesp". O governador paulista acredita que uma das razões para as cinco empresas que participariam do leilão de amanhã não terem oferecido um preço adequado foi a dificuldade de obtenção de financiamento junto às instituições de crédito internacionais, em razão da crise dos Estados Unidos. Com o cancelamento do leilão, o governo de São Paulo vai estudar alternativas para a questão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.