coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Serra não comenta denúncia sobre propina

O pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, não teve compromissos de campanha hoje nem respondeu aos telefonemas de jornalistas para comentar a denúncia, feita na edição deste fim de semana da revista Veja, na qual o economista Ricardo Sérgio de Oliveira é acusado de ter pedido propina para montar o consórcio que, em 1997, comprou a antiga estatal Vale do Rio Doce. Em conversas com tucanos ontem, já na expectativa da publicação da reportagem, Serra garantia não haver motivos para preocupação.O presidente do PSDB, José Aníbal, criticou a reportagem "baseada em suposições". De acordo com ele, tudo não passa de uma tentativa de atingir os tucanos e a candidatura de Serra. "Cabe a Ricardo Sérgio esclarecer. O governo e o partido não têm o que temer. Que se apure. Não pesa sobre o presidente Fernando Henrique nenhuma suspeita de atos ilícitos ou que desabonem sua conduta em relação aos princípios éticos e morais?. disse.

Agencia Estado,

04 de maio de 2002 | 15h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.