Serra: um trimestre é pouco para avaliar economia

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), contemporizou hoje ao analisar o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) do País no terceiro trimestre, que veio abaixo do esperado. De acordo com Serra, um trimestre apenas não é suficiente para analisar o desempenho da economia. "É muito curto prazo e o dado vem com defasagem", afirmou. Ele disse, porém, que a maior preocupação se refere aos investimentos. "Os investimentos privados não foram retomados na sua plenitude. Sem isso, o País não cresce. Talvez, a questão do PIB esteja relacionada à intenção ainda tímida de investimentos", avaliou.

ANA CONCEIÇÃO, Agencia Estado

10 de dezembro de 2009 | 14h35

Serra disse não ter uma avaliação definitiva a respeito do desempenho da economia brasileira para 2009. "Só vamos saber mesmo nos primeiros meses do próximo ano", disse. Questionado sobre se acharia impossível um resultado do ano negativo, o governador de São Paulo afirmou não ter uma posição. "Não sei. Não estou dizendo que acho impossível."

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou hoje que o PIB do período entre julho e setembro foi 1,3% maior que entre abril e junho. Mas, em comparação com o terceiro trimestre de 2008, houve queda de 1,2%.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBJosé Serra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.