Serviços bancários geram insatisfação e prejuízo

Saques e transferências realizadas no caixa automático sem o conhecimento do correntista e transações financeiras feitas pela Internet executadas por terceiros são algumas das reclamações que o Procon, órgão de defesa do consumidor ligado ao governo estadual, vem registrando em São Paulo. Com isso, o número de reclamações referente à qualidade dos serviços bancários vem crescendo. O resultado é muita dor de cabeça e prejuízo para os correntistas e o surgimento de mais uma prática criminosa.Segundo a assistente de direção do Procon-SP, Dinah Barreto, os grandes campeões de reclamação ainda são os saques indevidos e as transferências realizadas sem autorização para outras contas. Veja a tabela completa das falhas bancárias apontadas pelo órgão.ProblemaN.º de consultasN.º de reclamaçõesCobrança indevida550124Consumidor negativado indevidamente24040Cheque/ordem de pagamento27759Transações eletrônicas824271Contrato810108Saques e transferênciasDinah Barreto informa que na ocorrência de qualquer problema em conta corrente ou poupança, o correntista deve entrar em contato com o banco imediatamente. Se a falha acontecer em um caixa eletrônico, o correntista deve pedir que outro cliente, presente no momento da operação, seja testemunha e em seguida chamar um funcionário.Mas se o problema for notado apenas com o extrato, o ideal é contatar o banco, pessoalmente ou por telefone, e encaminhar uma reclamação escrita sobre a falha bancária. Após esse procedimento, a assistente de direção do Procon enfatiza que "o banco é obrigado a depositar o valor do prejuízo logo após a reclamação, até que sejam apuradas as causas do problema". Entre os principais cuidados para se evitar problemas, Dinah Barreto alerta: - Não informar a senha pessoal do cartão de crédito para ninguém, nem utilizar datas de aniversário ou combinações muito óbvias como senha;- Não aceitar ou solicitar ajuda de estranhos, apenas de funcionários credenciados do banco;- Ao digitar a senha, ficar atento para que nenhum estranho esteja olhando;- No ato da reclamação de alguma falha, não utilizar o telefone celular de terceiros. Para maiores informações, o telefone do Procon em São Paulo é 1512, de segunda-feira à sexta-feira das 8h às 17h. Para cadastros e pesquisas o telefone é (011) 3824-0446, no mesmo horário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.