Serviços criou 64.290 vagas formais em agosto, diz MTE

O setor de serviços respondeu pela maior geração de vagas formais no mês de agosto nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira, 20, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). No mês passado, o setor empregou 64.290 pessoas a mais com carteira assinada do que demitiu. Já comércio ficou com a segunda posição ao apresentar um saldo líquido de empregos de 50.070 vagas.

CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

20 de setembro de 2013 | 14h48

Conforme o MTE, houve expansão em cinco dos seis ramos de serviços. Os destaques ficaram com ensino (21.701 postos), serviços de alojamento e alimentação (15.383), serviços de comércio e administração de imóveis (12.249) e serviços médicos e odontológicos (8.801). O único ramo a apresentar recuo nesta área foi o de instituições financeiras, que fechou 535 postos de trabalho no mês passado.

Tudo o que sabemos sobre:
empregoCagedagostoserviços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.